JulianaSphynx.blogspot.com

Biologia e coisas que poucos gostam. Talvez esse seja o tema do Blog.

Juliana Sphynx: Voltar de verdade? Sim! Mudar? Tambem!

14.1.12

Voltar de verdade? Sim! Mudar? Tambem!


E
stive MUITO tempo afastada do blog....


Disse que voltaria um dia e realmente estou voltando.

Passei períodos medonhos de depressão e outras coisas consideradas "frescura" por quem nunca realmente as viveu e realmente sérias para quem pelo menos passou pela janela do problema.

Mudei muito radicalmente várias coisas em minha vida e agora sinto-me muito melhor. Não afirmo estar curada por acreditar poder ficar ainda melhor, mas estou caminhando para a cura.

Decidi voltar ao blog por sempre gostar muito de escrever. Nunca parei, mas não publiquei mais nada e nem tenho escrito sobre o de sempre.

Pensei em reformular geral esta página (layout total) e talvez transformar o blog em uma espécie de site.

Não sei se alguem ainda acompanha suas atualizações, então vou deixar em aberto e descobrir durante este mês de janeiro.





Feliz ano que começa para todos!

=D

25 Comentário(s)

Blogger Marlon comentou:

Oi! Lembra-se de mim???
Vinha sempre lhe perturbar perguntando à respeito de periquitos australianos!!!
Sempre venho ver se tem novidade, e hj fiquei muito contente em ver um post novo!
Eu acredito que tudo (tudo mesmo) tem uma razão para acontecer, e que nós aprendemos muito com tudo isso! Com as situações boas e com as menos boas também!
Vamos nos falando, ok?!
Saudações Nipônicas,
TommySam!!!

4:39 AM  
Blogger Danilo c comentou:

Os flhotes dos meus periquitos estao com 1 mes e abriram os olhos a 2 semanas... pego eles todos os dias. Mas eu estou deichando eles com os pais... quero te fazer uma pergunta... eles vao ficar mansos mesmo morando com os pais???

9:26 PM  
Blogger xistosa - (josé torres) comentou:

O blog é sempre a janela aberta para os viajantes espreitarem e nós desabafarmos algumas tensões.
Espero que retorne assiduamente e que todos os problemas estejam ultrapassados.
A vida é a sucessão de quedas e do erguer.
Um bom domingo.

11:43 PM  
Blogger NIN comentou:

me add preciso falar contigo sobre uma turma de ninjutsu q estou montando para treinar ae em floripa ...msn: pedropelegrini@hotmail.com

2:28 PM  
Blogger claudia loureiro comentou:

Olá Juliana espero que vc esteja melhor a cada dia e continue melhorando sempre por que a jornada é longa e delicada em busca de si mesma mas vale a pena cada passo! eu conheci seu blog hj pesquisando sobre cambacicas, pq tenho uma que caiu da árvore há mais ou menos um ano e vivo tendo dúvidas sobre o que é melhor pra ela, já que as informações são escassas e na prática é rara a sobrevivência desse passarinho em gaiolas. Sou grata pelas informações que vi aqui e torço para que vc possa continuar ajudando pessoas como eu! fique bem e continue seu lindo trabalho, ok? Que Deus a abençoe sempre! Claudia

9:59 PM  
Blogger Juliana Sphynx comentou:

Lamento, mas posso lhe dar dicas de como cuidar da ave enquanto ela ainda não come sozinha para soltá-la depois, mas como manter numa gaiola nunca

Juliana

11:49 AM  
Blogger Claudia comentou:

Eu entendo sua posição e jamais em toda a minha vida imaginaria cuidar de QUALQUER animal preso, mesmo um cão preso em corrente que fosse. Quando peguei o passarinho do chão não imaginava de modo algum que ele tivesse chance de sobrevivência pois era pequenino demais porém ele surpreendeu a cd dia e eu tive que procurar informações de como ajuda-lo. Consultei inclusive um veterinário especializado em animais silvestres justamente para saber como proceder para poder soltar o passarinho o qt antes mas fui aconselhada a pensar bem, pq ele estava se desenvolvendo de um modo que poderia por a vida dele em risco a partir do momento que fosse solto. Foram semanas muito difíceis aquelas e a decisão de mante-lo na gaiola não foi nada fácil, por outro lado procuro fazer com que ele tenha a melhor vida possível, só isso. Algumas pessoas (vérias) me disseram uma coisa - fiquei realmente assombrada que várias pessoas me dissessem a MESMA coisa - me disseram: Claudia ele morreu para a primeira vida dele essa que ele tem hoje é outra e vc é responsável por essa vida que ele tem agora vc vai simplesmente solta-lo pq é "mais fácil" pra vc? Foram semanas difíceis, como já disse mas como trabalho em casa, posso cuidar bem dele e conversar bastante, ele gosta de brincar e interagir conosco (meus pais tb brincam e conversam com ele) damos papinhas de frutas com alimento especial para loris e nectar de beija flor daqueles que se põe em bebedouros eu "caço" mosquitinhos daqueles de frutas dou pra ele comer na hora, bem fresquinho além disso eu ponho na gaiola (que é bem grande e toda enfeitada com florzinhas e folhagenzinhas artificias) galhos de verdade de flores de melissa, de manjericão e também de flores das árvores frutíferas que eu tenho aqui no jardim de casa que é bem grande e cheio de passarinhos lindos de várias espécies - lá fora ponho vários bebedouros com esse preparado especial que compro em agroshops. Me preocupo muito com a saúde da cambacica que eu cuido aqui pois sei que a vida em cativeiro por si só já faz muito mal pra ele. Esse mes ele faz um ano, quando o encontrei, não tinha nem uma semana de vida e não sei por quanto tempo poderá sobreviver, lamento muito mesmo o destino de um bebê que cai da árvore daquele jeito que ele caiu e talvez pudesse ter sido diferente se eu tivesse sido orientada sobre como soltar, mas eu entendo sua posição de qualquer modo vou sempre continuar procurando informações que contribuam para tornar a vida desse passarinho o melhor possível e volto a dizer, gostei muito do seu blog! Abraços e tudo de bom pra vc!

10:05 AM  
Blogger Juliana Sphynx comentou:

Se ele come insetos (mesmo que dados por você) e já bebe néctar sozinho (mesmo de garrafinhas)... Basta soltá-lo em um local com outras cambacicas que terá sua vida livre de volta, pois é um animal que já sabe sobreviver e se aproveita da papinha que ainda recebe.

2:07 PM  
Blogger Claudia comentou:

Olá, Juliana! Vc tocou exatamente no ponto, sabe... qd chamei o veterinário foi justamente para me informar sobre como ajudar o bebê a se tornar apto a comer sozinho... e o que ele me disse e muitas outras pessoas me disseram é que comer seria o MENOR problema da vidinha dele, sendo inclusive bastante provável, que soltando-o ele não iria embora, permanecendo próximo o suficiente para usufruir da minha "generosidade" ou para "se aproveitar" de papinhas enquanto eu as oferecesse! Mas que o GRANDE problema dele seria que ele se tornaria muito facinho para predadores e outras pessoas (que não costumam ou não podem cuidar muito bem) algumas podendo ser realmente perversas. Mas a grande questão levantada por um amigo meu (por sinal veterinário tb) é que eu deveria simplesmente soltar o bichinho para ele seguir seu destino o qual havia ficado bem claro quando "a natureza" ou talvez "Deus" o derrubara da árvore: virar comida de outros bichos! Bem... por sinal esse meu amigo é um caçador ele costuma fazer viagens monitoradas tipo turismo de aventura e ele é bom nisso, sabe gosta de caçar e ele mesmo preparar a carne de caça que come... eu sou vegetariana e respeito a opção de pessoas com estilos de vida diferente mas não consigo assimilar essa visão de que a vida é só comida e que o mundo seja uma cadeia alimentar. Mesmo assim foi como eu te disse muito difícil tomar uma decisão só que as semanas passaram rapidamente e alguma decisão eu tinha que tomar, não é mesmo? Uma boa semana pra vc, e td de bom pra tua vida, sempre!

9:40 AM  
Blogger Juliana Sphynx comentou:

Por isso disse para soltar no meio de um grupo de outras cambacicas (que é bem comum) para ela aprender como deve agir. No meio de um grupo de humanos ela não vai saber o que fazer para viver longe.

2:26 PM  
Blogger Claudia comentou:

Então vc acha que ele teria seguramente plenas condições de se dar tão bem na vida livre como qualquer outra cambacica?

10:32 PM  
Blogger ONG ALERTA comentou:

Tudo tem seu tempo...beijo Lisette.

3:41 PM  
Blogger ... DdAB - Duilio de Avila Bêrni, ... comentou:

vitória!
DdAB

7:16 PM  
Blogger Duarte comentou:

Está bem.
Começas-te bem... até quando?!
Começarei a perseguir-te...
Um grande abraço

7:23 AM  
Blogger piriquitos australianos comentou:

eu tenho um casal de piriquitos australianos ja fais 5 meses...o macho ja tem a narina azulada e a femea e uma lutina a narina dela esta mudando so um pouco de cor um pouco..eles se beijam muito e o macho fica toda hora tentando acasalar com ela,ele fica balancçando a cabeça pra cima e pra baixo quando beija ela..ja tem o ninho na gaiola e et....entao eu queria sabe quanto tempo vai demorar pra eles acasalarem

4:23 PM  
Blogger piriquitos australianos comentou:

eu tenho um casal de piriquitos australianos ja fais 5 meses...o macho ja tem a narina azulada e a femea e uma lutina a narina dela esta mudando so um pouco de cor um pouco..eles se beijam muito e o macho fica toda hora tentando acasalar com ela,ele fica balancçando a cabeça pra cima e pra baixo quando beija ela..ja tem o ninho na gaiola e et....entao eu queria sabe quanto tempo vai demorar pra eles acasalarem

4:27 PM  
Blogger Blog Teste comentou:

Cara Juliana,
Possuo 1 casal de periquitos e 2 vêzes tiramos filhotes com sucesso. Porém, depois da segunda ninhada, a fêmea já teve 3 posturas, nas quais o macho, lá pelo décimo dia joga os ovos pra fora do ninho e devora-os. Como devo proceder?
Grata.
Fernanda

9:47 AM  
Blogger Tanara Adriano comentou:

belo post de ano novo!

belo blog tbm;

beijos!

4:42 PM  
Blogger dendeu comentou:

oi Juliana
desculpe por perguntar uma coisa muito nada a ver nesse post .-.
mais gostaria de saber uma coisa:
tenho um casal de periquitos e ja tiveram 3 filhotes eles ja sairam da casinha,mais queria saber por que 2 deles tem o bico meio "preto" o BICO não o "nariz"

8:13 PM  
Blogger Eric comentou:

Olá Juliana, como vai?
Seu blog é realmente valioso, muitas coisas que sei a respeito de periquitos aprendi aqui. Gostaria de agradecer pelo seu tempo e dedicação, parabéns. Eu tenho algumas perguntas sobre minha criação, não sei se aqui seria viável pois não saberei quando você irá responder para assim então ler tal resposta. Enfim, tenho um casal de periquitos adultos e na primeira cria a fêmea colocou 5 ovos e dos mesmos apenas dois filhotes nasceram, um morreu com poucos dias de vida e o outro cresceu bastante porém morreu de, digamos, uma causa desconhecida (creio eu que foi por falta de alimentação pois colocamos o casal e o filhote em outra gaiola e a fêmea não reconheceu a tal como ninho e por isso não quis entrar na caixa para alimentar o filhote). Eis que eles tiveram a segunda cria recentemente, 5 ovos e, de novo, 2 nasceram, o segundo morreu com poucos dias de vida e o primeiro continua vivo até hoje, entretanto, o mesmo apresenta comportamentos estranhos e queria saber se você poderia me apresentar uma espécie de diagnóstico. Vamos lá, acredito que seja um macho, se alimenta e brinca normalmente, mas o que me preocupa é que o mesmo raramente abre os olhos, no início pensei que fosse uma doença, algo como conjutivite uma vez que percebi que seus olhos pareciam grudados, com auxílio de um cotonete, umideço-o e passo nos olhos levemente para tentar ajudar, ele abre os olhos de vez em quando mas a maior parte do tempo ainda continuam fechados, e ele também tem pernas tortas. Gostaria de saber se isso é normal, ele está preste a completar 1 mês de vida, suas penas já deveriam estar grandes, mas notei um retardamento do crestimento das mesmas, por favor aguardo seu feedback. Por quê ele raramente abre os olhos? Por quê ele possui pernas um pouco tortas? Será porque ainda é jovem e não tem toda sua articulação pronta? Por quê já na segunda cria apenas um filhote sobreviveu e os outros ovos nem sequer chocaram? Com essa idade, suas penas já não deveriam estar quase completas? Agradeço desde já, se puder me mandar um e-mail com o link da sua resposta fico grato pois acredito que aqui não saberei quando você tiver respondido; abraços!

Caso queira: eric_lima1008@hotmail.com

7:30 PM  
Blogger Duarte comentou:

Bem-vinda, o certo é que se notava o silencia da tua ausência. Enriquece aquilo que expões.
Tem cuidado com os equinócios não se dão vem com os estados depressivos, cuida-te muito.
Recebe todo o meu afecto num grande abraço

11:39 AM  
Blogger paulo botelho comentou:

gostei das suas postagem e gostaria desaber mas sobre voce e seu trabalho meu nome paulo roberto tenho um filhote de sanhaço azul e gostaria de saber mas sobre aves gosto de tirar fotos delas meu amail è gaspar.2912@hotmail.com espero voce um forte abraço.

1:24 PM  
Blogger paulo botelho comentou:

gostei das suas postagem e gostaria desaber mas sobre voce e seu trabalho meu nome paulo roberto tenho um filhote de sanhaço azul e gostaria de saber mas sobre aves gosto de tirar fotos delas meu amail è gaspar.2912@hotmail.com espero voce um forte abraço.

1:25 PM  
Blogger Anderson comentou:

Onde esta vc?

5:23 PM  
Blogger Anderson comentou:

Lembro-me de ter comentado algumas vzs em seu Blog tirava belas fotos.Eu também a muito tempo não entrava nos blog que sigo por também estar quase na mesma situação que vc estava.De todo coração espero que vc esteja ótima.Até quem sabe um novo dia. bjs

5:26 PM  

_______________________

** Desculpem! Mas temporariamente não estou aceitando comentários de pessoas que não sejam registradas!

Leio e respondo toda a semana ou assim que tenho tempo

Obrigada a todos que deixam suas mensagens

=)

Postar um comentário